quarta-feira, 20 de novembro de 2013

1ª Feira do Livro da CPLP



A primeira Feira do Livro da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, CPLP, acontecerá no período de 22 a 30 de novembro de 2013 na cidade de Luanda, em Angola, com a finalidade de promover e divulgar a literatura dos países membros, bem como, incentivar a circulação livreira na CPLP. A coordenação geral da 1ª Feira do Livro é do Ministério da Cultura de Angola, que reunirá escritores, editores, livreiros e bibliotecários da CPLP. A Feira do Livro  é voltada para o público em geral.

O espaço tenda da conversa terá uma mesa redonda diária durante todo o período de realização da Feira do Livro, com os seguintes temas em destaque:
"A circulação dos escritores e das suas obras no espaço da CPLP";
"Leitura Infantil: o hábito da leitura nas crianças" com Sofia Araújo e Isaac Paxe da Estampa Editora;
"Plano Nacional  de Leitura: a experiência de Portugal";
"A língua portuguesa pede passagem encanta e conquista o mundo" com Susanna Florissi da Hub Editorial e Cristina Caetano do Instituto Camões;

A primeira Feira do Livro da CPLP  terá ainda lançamentos exclusivos da União de Escritores Angolanos, lançamentos inéditos de escritores da CPLP, seminários, debates, apresentações musicais, exibições do filme de animação "Uma Viagem, Dois Mundos" de Rui Andrade.

Os mediadores de leitura, estarão incentivando as crianças e os jovens de Luanda a celebrar intensamente a integração cultural e literária da CPLP,  em várias tendas, instaladas em frente ao oceano Atlântico, na baía de Luanda.  

Baía de Luanda, Angola.

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Oficina Temática Inês de Castro Incentiva a Leitura

Oficina Temática Inês de Castro, realizada em Santos, litoral de São Paulo, no Dia Nacional da Cultura.


Oficina Temática Inês de Castro
O projeto cultural “Cartas Para Inês de Castro” da Organização Neo Humanitarismo Universalista, ONH-U, almeja compartilhar com a juventude do século XXI, a emocionante história de Inês de Castro, por intermédio da realização da Oficina Temática Inês de Castro nas Escolas do Brasil.

O Mito Inês de Castro

"Inês de Castro, nasceu em 1320 ou 1325 na Galiza, era filha ilegítima do nobre galego Pedro Fernandes de Castro, o da Guerra, e de uma dama portuguesa, Aldonça Suárez de Valadares, e irmã de D. Fernando e de D. Álvaro Pires de Castro. Por parte de seu pai era bisneta ilegítima de D. Sancho de Castela, pai de D. Beatriz de Castela que era mãe de D. Pedro, futuro Rei de Portugal. Era, portanto, prima em 3º grau de D. Pedro.

Inês de Castro viveu parte da sua infância no castelo de Albuquerque cuja dona, que a criou como filha, era casada com Afonso Sanchez, filho ilegítimo de D. Diniz, até vir a ser aia de sua prima de D. Constança Manuel, filha de João Manuel de Castela, poderoso nobre descendente da Casa Real Castelhana e que estava prometida ao príncipe de Portugal, D. Pedro. Inês de Castro chega a Évora, integrada no séquito de D. Constança, em 1340.

Desde cedo foram conhecidos os amores de D. Pedro pela dama galega. D. Afonso IV, temendo esta relação, exila-a na fronteira espanhola em 1344.
Após a morte de D. Constança volta a Portugal, tendo vivido com D. Pedro, de quem vem a ter quatro filhos, o primeiro, D. Afonso, que morreu em criança. Viveram em vários locais na zona da Lourinhã e, por fim, em Coimbra no Paço da Rainha Santa junto ao Convento de Santa Clara-a-Velha, tendo sido degolada a 7 de Janeiro de 1355 por ordem de D. Afonso IV.

Da vida de Inês de Castro pouco se sabe, a sua trágica morte e o amor sem limites de D. Pedro e a forma como este quis perpetuar esses amores, alimentou desde cedo a poesia e a narrativa histórica, não deixando morrer o mito Inês de Castro."

Fundação Inês de Castro de Coimbra, Portugal.

Inês de Castro
Nas Escolas do Brasil

A Oficina Temática Inês de Castro nas Escolas do Brasil, oferece  uma oportunidade única aos jovens brasileiros: entrar em contato com a literatura portuguesa através de um episódio medieval que há séculos comove o mundo: a história de amor de Pedro & Inês.

Programação Cultural:

·         Amor por Portugal, um depoimento em poesia de imagens com Teresa Teixeira
·         A Paleta e o Amor, Arte Figurativa com Amorim
·         A Última Noite de Inês de Castro, monólogo com Jam Pawlak



Oficina de Cartas & Retratos de Amor
Tema: A História de Amor de Pedro & Inês no Coração da Juventude
Tributo ao amor de Pedro & Inês.
Objetivos:
Incentivar o pensamento criativo, a difusão da pesquisa entre os jovens do Brasil, e fomentar a produção literária juvenil através da reflexão sobre a história de amor de Pedro & Inês.
Contato: ngo.onh.u@gmail.com 

domingo, 3 de novembro de 2013

Oficina Temática Inês de Castro


A Zona Noroeste é um distrito da cidade de Santos, litoral de São Paulo, com uma população de mais de 120 mil habitantes, moradores dos  bairros da Alemoa, Areia Branca, Bom Retiro, Caneleira, Jardim Castelo, Chico de Paula, Outeirinho, Jardim Piratininga, Jardim Rádio Clube, Saboó, Santa Maria, Jardim São Manoel, Vila São Jorge, Vila Progresso, Ilhéu Alto. Limita-se ao norte com o Estuário e o Largo do Carnéu,  ao sul com a cidade de São Vicente, a leste com o bairro do Valongo e alguns morros, e a oeste com o rio Casqueiro.
A ocupação da Zona Noroeste data da década de 1950, com a instalação do Polo Industrial de Cubatão. A Avenida Nossa Senhora de Fátima é muito  importante para a região,  atravessa vários bairros do distrito, desde a Marginal da Via Anchieta até a divisa de São Vicente, (divisa-Tambores).
A  Oficina Temática Inês de Castro, que será realizada no Centro da Juventude da  Zona Noroeste, almeja estimular o prazer da leitura através de um novo conceito entre arte, literatura, e escrita: almejando  compartilhar o legado da literatura portuguesa, visando a iniciação ao desenvolvimento sócio cultural; literatura como instrumento de humanização da juventude urbana.
Os jovens da Zona Noroeste participarão de uma oficina temática inesiana com leituras públicas extraordinárias, capazes de conduzi-los à uma incrível jornada no tempo rumo à Coimbra medieval, porque “ler é viajar sem sair do lugar”, como na frase  acima sublinhada da Fundação Inês de Castro, direcionada para o  incentivo à leitura no Brasil.    

A Oficina Temática Inês de Castro terá a participação especial  do artista plástico e poeta brasileiro, Amorim, da pedagoga portuguesa, Teresa Teixeira, que atualmente dedica-se à literatura, poesia e arte digital, e da teatróloga Jam Pawlak, fundadora e atual presidente da Organização Neo Humanitarismo Universalista.