sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Inspiração para o voluntariado das Meninas e das Mulheres no Brasil

"Nós sonhamos com o dia em que vamos abrir os olhos e perceber que a igualdade de gênero estará presente em nossos dias, de que a hipocrisia humana vai acabar de uma vez por todas.

Nós mulheres estamos aqui para relembrar que somos importantes e que merecemos o devido valor não apenas hoje mas todos os dias.

Temos o direito de ser tratadas com dignidade, com respeito, educação e amor. Ser mulher sempre foi uma missão muito difícil, mas não podemos continuar aceitando a submissão como se fosse normal.

Quantas meninas e mulheres almejam por um mundo mais justo para todas e ainda passam em pleno século XXI pela desigualdade entre diversos abusos. É triste ouvir a frase : “não posso realizar meu sonho porque sou menina e não terei nenhuma chance”. Infelizmente essa é uma realidade próxima que precisa ser alterada e juntas podemos fazer a diferença e transformar a nossa sociedade em uma sociedade mais justa para as meninas e as mulheres.

Não queremos nos sentir inferiores com palavras de agressão, queremos ouvir palavras de incentivo e gratidão como música para os nossos ouvidos, palavras gentis, que precisam fazer parte do nosso dia a dia. Ninguém é obrigado a conviver com iniquidades, a melhor solução é a união entre todos, deixando-nos em uma infinita paz. Uma paz que pode ser realidade, sim, começando agora." Julia Mikita, curadora do Prêmio Sadako Sasaki, falando sobre Igualdade de Gênero.


Julia Mikita, curadora do Prêmio Sadako Sasaki.

A inspiração para o voluntariado das meninas e das mulheres do Brasil, originária da primeira edição do Prêmio Sadako Sasaki em prol da Igualdade de Gênero:   





























Nenhum comentário:

Postar um comentário